Mensagem – Mês de Fevereiro
Av. Presidencial Ernesto Geisel, 1173 - Centro, Aruaru - Ceará | Fone: (88) 3422-5198

Paróquia São João Batista Aruaru - Ceará

Mensagem – Mês de Fevereiro

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Com Jesus ao nosso lado, caminhamos seguros, certos do que devemos fazer. Ele não nos decepciona, Ele nos assegura a redenção, a remissão dos pecados e a vida nova que há de vir.

Neste caminho de buscas e encontros, vamos celebrando o tempo litúrgico, onde somos introduzidos no Mistério. Um Deus que se debruça para nos alcançar, um Deus que se faz humano para se comunicar plenamente no meio de nós, um Deus que vem ao nosso encontro, fala conosco, indica os caminhos e nos espera onde Ele mesmo nos chamou na sua misericórdia.

Já no limiar deste novo ano, vamos abrindo os nossos ouvidos para acolher o Evangelho de Jesus. Logo no primeiro capítulo do Evangelho de são Lucas encontramos este belo cântico do “Benedictus”, por meio de Zacarias (pai de João Batista), louvando e agradecendo a este Deus que visita o seu povo. Logo após, bendiz a Deus pelo o que vai acontecer com o menino (João), cuja missão é preparar os caminhos para Jesus (Lc 1,76-77).

Jesus é a fonte de salvação no meio da humanidade. E é isso que os anjos vão anunciar no seu nascimento: “Nasceu hoje para vós um Salvador” (Lc 2,11). Por isso o nome “Jesus”, que signifi­ca: “o Senhor salva”. Jesus salvará o povo dos seus pecados. Jesus é a fonte de salvação no meio da humanidade. E é isso que os anjos vão anunciar no seu nascimento: “Nasceu hoje para vós um Salvador” (Lc 2,11). Por isso, o nome “Jesus”, que signi­fica: “o Senhor salva”.

Jesus salvará o povo dos seus pecados. Aí encontramos também a missão de João Batista, que é ir à frente, não como mestre, mas preparando os caminhos para o Mestre. Ele será a voz que clama no deserto e preparará o caminho do Senhor (Lc 3,4-6).

Hoje pensando a nossa ação eclesial, entendemos que a nossa missão deve ser a mesma de João Batista, ou seja, preparar os caminhos para que Jesus possa nascer em tantos corações endurecidos.

Anunciar Jesus onde ainda não se ouviu falar da sua mensagem. Desejamos que nossa comunidade paroquial esteja sempre mais comprometida com estas propostas de Jesus, e ela seja sempre mais uma comunidade em missão, em saída como diz o Papa Francisco.

Que Deus nos ilumine e nos proteja, seja para nós fonte de vida nova.

Que o Senhor nos conduza, mostre-nos o caminho e nos cumule de alegria e paz.

Fraternalmente, Paz e Bem!
Pe. Francisco Aderlane, Pároco